Inicio
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   Cronologia


Com menos de 1 ano


Com o irmão Luis Fernando


Na conclusão do ginásio


1980


1985


1995


em 2000


2002

1946 - Nasce João Gilberto Noll, em Porto Alegre, o quarto dos seis filhos de João e Ecila Noll.

1953 - Ingressa no Colégio São Pedro, de padres maristas, onde fica até o fim do ginásio.

1954 - Inicia estudos de piano.

1967 - Ingressa na Escola de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.

1969 - Abandona o Curso de Letras.
Transfere-se para o Rio de Janeiro.
Começa a trabalhar como jornalista na Folha da Manhã e Última Hora.


1970 - Publica seu primeiro conto na antologia Roda de Fogo, organizada por Carlos Jorge Appel, Editora Movimento, Porto Alegre.
Transfere-se para São Paulo, onde trabalha como revisor na Companhia Editora Nacional.

1971 - Retorna ao Rio de Janeiro onde escreve sobre literatura, teatro e música na Última Hora.

1974 - Retoma o Curso de Letras na Faculdade Notre Dame, Rio de Janeiro.

1975 - Leciona no Curso de Comunicação na Pontificia Universidade do Rio de Janeiro.

1979 - Conclui o Curso de Letras.

1980 - Publica seu primeiro livro, O cego e a dançarina.
Recebe os Prêmios "Revelação do Ano" da Associação Paulista de Críticos de Arte, "Ficção do Ano" do Instituto Nacional do Livro e o "Prêmio Jaboti" da Câmara Brasileira do Livro.

1981 - Publica A Fúria do Corpo.

1982 - Ganha bolsa do Programa de Escritores da Universidade de Yowa, EUA.

1983 - Participa na Alemanha de antologia de novos contistas brasileiros.

1984 - O cineasta Murilo Salles adapta para o cinema o conto Alguma coisa urgentemente, estrelado por Claudio Marzo, com o título Nunca fomos tão felizes.

1985 - Publica o romance Bandoleiros.
É defendida a primeira tese de mestrado sobre a sua obra, na Universidade Federal do Rio de Janeiro por Mauricio Salles.

1986 - Retorna a Porto Alegre, depois de 17 anos.
Publica o romance Rastros do Verão e reedita o livro de contos O cego e a dançarina.

1987 - Prêmio Jaboti da Câmara Brasileira do Livro por A Céu Aberto.

1988 - Recebe bolsa da Fundação Vitae.

1989 - Publica o romance Hotel Atlântico.
Reedita o romance Bandoleiros.

1990 - Reedita o romance Rastros do Verão.

1991 - Publica o romance O Quieto Animal da Esquina.

1993 - Publica o romance Harmada.
Prêmio Jaboti da Câmara Brasileira do Livro por Harmada.
1994 - Coordena oficinas literárias na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

1995 - Reedita o romance Hotel Atlântico.

1996 - Passa um mês em Berkeley, EUA como escritor visitante da Universidade da Califórnia.
Publica o romance A céu aberto.

1997 - Convidado para lecionar Literatura Brasileira no Campus de Berkeley da Universidade da Califórnia, EUA.
Publica Contos e Romances Reunidos.
Publica na Inglaterra a tradução de Hotel Atlântico e Harmada.

1998 - Inicia a publicação de pequenos contos, duas vezes por semana, Instantes Ficcionais, intitulados Relâmpagos, na Folha de São Paulo, em agosto de 1998 até dezembro de 2001.

1999 - Publica o romance Canoas e Marolas.

2000 a 2003 - Escreve dois microcontos semanais para o caderno Iustrada, da Folha de S. Paulo, em uma coluna cujo nome era Relâmpagos. Depois publica um livro chamado Mínimos Múltiplos Comuns, contendo todos os textos publicados no jornal.

2002 - Recebe Prêmio da Fundação Guggenheim.
Publica o romance Berkeley em Bellagio.

2003 - Reedita o romance Harmada pela Editora Francis

2003 - Publica Mínimos Múltiplos Comuns pela Editora Francis.

2004 - Passa dois meses em Londres como escritor-residente no King's College onde escreveu o romance Lorde.

2004 - Recebe o Prêmio Ficção da Academia Brasileira de Letras pela obra Mínimos Múltiplos Comuns.

2004 - Publica o romance Lorde pela W11

2004 - A obra Mínimos Múltiplos Comuns recebe o Prêmio Jaboti de melhor capa e o segundo lugar para livro de contos e o Prêmio  ABL de Ficção 2004

2004 - João Gilberto Noll começa a colaborar quinzenalmente com o caderno Pensar do jornal Correio Braziliense, da capital federal, com extensos contos que ocupam duas páginas do suplemento.

2005 - Na edição 100 da revista Bravo! (oito anos de vida - dezembro 2005), Lorde aparece como um dos 100 melhores livros em 8 anos.

2006 - Publica o livro de contos A máquina do ser que ganhou o prêmio de melhor livro de contos do ano, pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) em 2007. O livro ganha o Prêmio Bravo! Prime, de melhor livro do ano, conferido pela Revista Bravo.

2008 - Publica pela Editora Record o romance Acenos e Afagos. A mesma editora reedita várias de suas obras.

2009 - A obra Acenos e Afagos ganha o segundo lugar no Prêmio Portugal Telecom.

2009 - Recebe o prêmio Fato Literário 2009, pelo livro Acenos e Afagos.

2009 - Em outubro 2009 viaja à Espanha e Inglaterra para proferir palestras em Universidades: Participa de eventos em Madri, Barcelona, Salamanca e Santiago de Compostela. Nesses países foram estudadas as traduções para o espanhol e inglês de seus livros.

Publica os livros juvenis Sou eu!, O nervo da noite pela Editora Scipione.

2010 - Publica, pela Editora Scipione, o romance Anjo das ondas. Viaja aos EUA como escritor residente na Universidade de Chicago e na Universidade de Madison, realiza duas conferências na cátedra João Guimarães Rosa da Universidade Nacional Autônoma do México e no segundo semestre do ano como artista residente da Universidade de Campinas.

Em maio de 2011 o autor viaja a Lisboa, para participar do evento literário "A Cidade aTravessa: poesia dos lugares", na Casa Fernando Pessoa.

Noll inaugura o ciclo "Uma noite com Pessoa", tornando-se o primeiro escritor a dormir no quarto onde o poeta viveu durante os últimos 15 anos de sua vida. Os textos sobre essa noite virarão um livro.

Em setembro de 2011 João Gilberto Noll faz duas palestras em Buenos Aires. Concede uma entrevista pública na cidade.

Em dezembro de 2011 faz leituras de trechos de seus livros na Biblioteca Pública de Frankfurt, na Alemanha.

2012 - Lança, pela Record, o romance Solidão continental

2013 - João Gilberto Noll em fevereiro esteve em Israel, onde lançou na Feira Internacional do Livro de Jerusalém a tradução para o hebraico de seu livro "Bandoleiros". Noll participou de cafés literários nesta cidade e em Tel Aviv.

Em maio Noll viajou para os EUA, onde em Boston participou da Conferência de Literaturas em Português na Universidade de Massachusetts; também deu uma palestra sobre sua obra na Brown University, em Rhode Island.

2014 - Em setembro esteve na Inglaterra. Em Londres proferiu palestra com Paulo Scott, na Embaixada brasileira. Participou também de um evento literário numa pequena fazenda em Charleston, onde viveu Vanessa Bell (irmã de Virginia Woolf), onde existe um museu com as suas pinturas.

2015 - O livro Lorde é publicado em Portugal pela Editora Elsinore, 2015

2016 - A obra "O quieto animal da esquina" é publicado pela Two Lines Press, com o titulo "Quiet Creature on the Corner" com tradução de Adam Morris